Quel

Libertas que será também

with 5 comments

Na bandeiraBandeira_Minas mineira lê-se: Libertas quae sera tamen.

A tradução desse verso, escolhido pelos inconfidentes para estampar a bandeira do estado de Minas Gerais, gera discussão somente entre os latinistas, pois, para grande parte da população, a indiscutível tradução seria “Liberta que serás também”.  E assim dizia ter traduzido Vinícius de Moraes no poema Pátria Minha:

Mais do que a mais garrida a minha pátria tem
Uma quentura, um querer bem, um bem
Um libertas quae sera tamen
Que um dia traduzi num exame escrito:
“Liberta que serás também”

O lema latino é um verso que compõe a obra Bucólicas (também conhecida por Éclogas), de Virgílio. O famoso poeta da Eneida assim escreveu:

Libertas, quae sera tamen respexit inertem,
candidior postquam tondenti barba cadebat,
respexit tamen et longo post tempore venit,
postquam nos Amaryllis habet, Galatea reliquit.

(Bucolica, I, vv. 27-30)

Gosto de uma antiga tradução para esse trecho (de A.T.M., 1825):

A liberdade; a qual inda que tarde
Com tudo sobre mim então inerte,
Quando eu já branca tinha a minha barba,
Suas vistas lançou mui favoráveis.
Sim seus olhos pôz em mim, e chegou
Longo tempo depois, quando Amaryllis
Em seu poder nos tem, e Galeteia
De todo nos deixou inteiramente.

Entre as traduções aceitáveis para  o lema da bandeira a mais comum é “Liberdade, ainda que tardia”, mas na internet circulam diversas “traduções” para o dístico de Virgíliolibertas que sera. Há, por exemplo,  fotos de uma garota que tatuou: “Libertas que será também”. E, para mim, o mais curioso não é ter errado na tradução (poucas pessoas têm conhecido da língua latina ou tomam o cuidado de checar sua tradução leiga em uma fonte segura), o pior é o erro de português!

E então ela leva estampado no corpo a ignorância da língua latina (totalmente perdoável) e a ignorância da língua portuguesa (não tão perdoável assim).

Written by Quel

setembro 12, 2009 às 3:13 pm

Publicado em Curiosidades, Latim

5 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. totalmemte equivocada sua traducao: lieberdade ainda que tardia.
    coitada da infeliz que fez esta tatuagem…

    ronaldo

    novembro 23, 2011 at 9:19 pm

  2. vinicius de moraes tem um poema em que expõe sua tradução para o lema da bandeira e é “libertas que será também” para o imortal não há tradução mais justa do que essa. A garota que fez a tatuagem deve conhecer o belo poema, diferente de outras pessoas mais exigentes com a língua.

    Juliana

    junho 2, 2012 at 11:37 pm

    • A tradução do Vinícius é uma sátira e não “justa”.

      Anderson Silva

      novembro 7, 2013 at 12:49 pm

    • Desculpa, mas a tradução, como ele mesmo diz, que um dia fez em um exame escrito é:

      “Liberta que serás também”

      SERÁS!!! e não será. Foi aí que a autora disse que está o erro de português.

      Mas isso não me espanta mais. Com tantos absurdos da lingua…. mais uma bandeira levantada para dizer que o errado está certo… não me espanta mais.

      Boa sorte! Vais precisar!

      Expedito Calixto XP

      novembro 16, 2015 at 3:56 pm


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: